Cassino AO VIVO!

                    

Vídeo ao vivo não funciona? Aperte play novamente ou atualize a página.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Boletim Praia – Cassino 14/06/2011 8:00

Bom dia,

Fria manhã de terça-feira, com temperatura de 6 C e sensação térmica de 2 C, mas que irá dar uma aliviada e pode chegar aos 17 C nas horas mais quentes. O céu permanecerá limpo e hoje não teremos chuva. O vento está bem fraco, com 7 nós de oeste (terral), mas tende a mudar para nordeste e aumentar a intensidade até 17 nós ao fim do dia.

O mar deu uma melhorada, apresentando textura lisa e com um swell batendo na praia, trazedno ondas de 0,5 m com boa formação na série. A maioria está fechando mas algumas ondas abrem bem, proporcionando boas paredes. Sugiro que quem for dar um banho, aproveitar agora cedo porque o vento vai rondar e aumentar.

Bom dia,

Augusto

Cassino20110614 (3)Cassino20110614 (2)

5 comentários:

Anônimo disse...

Augusto, onde fica exatamente localizada a camera online e a foto é você mesmo que tira ou a própria câmera? Obrigado

Augusto disse...

Essas informacoes constam no link ao lado do video "Entenda o Blog". Geralmente sou eu quem tiro as fotografias, com uma maquina fotografica, a qualidade e' bem superior `as feitas com captura de video. Quando eu nao posso, tenho alguns amigos que me auxiliam nessa tarefa.
Se alguem tiver interesse em algo bem mais especifico, existe um email para contato, nesse caso so irei responder se a pessoa estiver devidamente identificada (mandar o link ou o nome de perfil real em rede social) ou pode falar comigo pessoalmente, estou aberto para trocar ideia com o pessoal, receber sugestoes e criticas.
Obrigado.
ps: meu teclado esta em ingles e nao tem acento.

Anônimo disse...

Fala Augusto, hj fui com uns amigos p o lado do navio e é terrivel ver o q tem de lixo em nossa praia, sem falar na quantidade de redes de arrasto em caminhoes, pilhas de peixes "papa-terra" só q muitos bem pequenos, isso realmente inoja, já q outro dia vi com meus proprios olhos um senhor q vive de da pesca de uma tarrafa na ponte ser multado e perder sua tarrafinha p/ "orgão competente", resumindo, será q a tarrafinha do velho faz mais degradação q essas redes enormes de arrasto!!!

Felipe Dumont disse...

Caro amigo, no meu entender não é uma questão do que faz mais mal, mas sim do que é certo ou errado. Existe uma lei que proíbe a pesca no entorno dos molhes em uma área de 6km para o sul e para norte. Atualmente esta questão da pesca na praia vem sendo discutida pelos órgãos competentes e com participação de pescadores, pesquisadores e demais interessados, inclusive no que diz respeito a um elevado número de mortes de surfistas por interação com estes petrechos (80 no litoral norte se não estou enganado) Concordo contigo sobre o elevado impacto de redes de espera ou arrasto de praia e entendo que elas também devem ser combatidas, já que resultam em grandes mortalidades de peixes e crustáceos. Por outro lado, as tarrafas, se usadas em grande número, próximas aos molhes, por exemplo, podem matar grandes quantidades de fêmeas ovígeras de siri, que se concentram nesta área para a reprodução durante os meses de primavera e verão. Claro que apenas uma tarrafa não poderia acabar com uma população inteira, mas como o mar e seus recursos são bens comuns, o fato de um pescador ter o direito de utilizá-lo resulta em um efeito dominó, onde todos se acham donos do recurso e, portanto, também poderiam explorá-lo indevidamente. Bom no mais era, isso desculpem a delonga mas acho que o espaço aqui do blog também pode ser usado para esclarecermos algumas questões da nossa praia e seu uso.

Grde abraço a todos e boas ondas
Felipe Dumont

Augusto Cavalcanti ~~ Oceanólogo ~~ disse...

Geralmente não há redes entre a Santa e os molhes. Entre a Santa e o Navio é comum ter algumas redes e passando o Navio a quantidade é ainda maior, assim como para o Norte. Antes do inverno desse ano tinha uma rede grande em frente ao ABC, bem onde o pessoal estava surfando. Uma vez eu me enrosquei em uma rede próximo ao Navio, por sorte só fiquei com uma perna presa e estava dando pé, mas eu poderia ter levado uma vaca e ficado preso com a cabeça embaixo d'água, aí não importa se a água está pela cintura ou mais fundo.
Antes de entrar no mar em locais não fiscalizados, sempre é bom verificar se tem cabos na praia ou boias na zona de arrebentação e se ver algo suspeito, o certo é se afastar. Tem coisas mais emocionantes e seguras que surfar ao lado de uma rede de pesca. Aqui no RS a média é de 2 banhistas/surfistas mortos anualmente presos às redes.